06:36

Todas as semanas de amor

Postado por Cláudia Pereira |


Não tenho vergonha de assumir que um dos filmes que mais amo é Nove e meia semanas de amor.

Mickey Rourke no auge da beleza. Kim Basinger gostosona.

E sexo...muito sexo.

O cara literalmente devorava a garota de todos os jeitos.

Era amor....dizia ele.

A trilha sonora conduzia tudo ao gozo propriamente dito.

E nós mulheres, tão sedentas de aventuras, de conquistas...

queriamos para nós um homem que nos pentiasse, que nos alimentasse..

E que nos devorasse quando a noite caísse....

Seria pedir demais?

Óbvio que isso nunca aconteceu comigo.

Me cansei da figura masculina cedo demais.

Mas, será que eu resistiria a um homem como esse?

Hoje, eu sei que essas coisas não existem.

Homem nenhum tem paciência para seduzir uma mulher com tanta imaginação.

O glamour dos 80's acabou.

Tudo o que resta é o capitalismo sexo pago do século 21.

Homens de um lado.

mulheres de outro.

E os direitos iguais sepultando o charme de um gentleman.

2 comentários:

Valéria Guerra disse...

UAU!!!! Muito bom.

Eu certamente não resistiria ao Mickey Rourke. E também adoro esse filme. Adoro sexo...se bem que ando mais pra santa (ultimamente) do que pra qualquer outra coisa .... ha ha

Cláudia Pereira disse...

Não sei se ao mickey rourke...mas a situação toda é muito muito muito excitante..rs...

Postar um comentário

Subscribe